Mensagem da Mãe da humanidade para Stefania Caterina

Deixe um comentário

“Meus queridos filhos,

Hoje desejo dizer-lhes que DEUS GUIA e ENSINA.
Guia a vossa vida perfeitamente, se vocês deixarem.
O Pai tem um projeto único e irrepetívelpara cada um de vocêse é sempre um projeto de bem e felicidade.
No mesmo tempo em que vos cria,o Paivos confia uma missão
e vos pede de acolhe-lae realiza-la com os meiose as forças que Ele próprio vos dará.
A escolha é vossa e é uma escolha livre.
Se decidirem viver de acordo com as leis de Deuse cumprirem a sua vontade,
o Pai vos confia ao Filho e em nome do Filho,vos doa o Espírito Santo.
Se forem fieis e renovarem continuamente o vosso sim a Deus,nas pequenas e grandes coisas,
a vossa existência terá um endereço certoe será guiada pelo Espírito Santo.
É Ele que vos leva incessantemente para Jesus,

para conhece-Lo sempre melhor,vos lembra os seus ensinamentos,

vos doa a graça, a inteligência e a forçapara fazer o que é agradável ao meu Filho.
Jesus vos recebe no Espírito Santo,

vos purifica de todo pecadoe vos doa ao Pai.
Assim suas vidas se tornaráo milagre de Deus Uno e Trino,
que se renova a cada vosso respiro,a cada batida do vosso coração.
Saibam, meus filhos,que se vocês amarem Jesus e se doarem a Ele,

Ele vos confiará a mim.Eu sou vossa mãe,
Aquela que acompanha cada vosso passo em direção a Deus.
Toda criança precisa de apoio da mãe em aprender a andar.

mesmo na vida espiritual é assim:
vocês precisam de uma mãe para cuidar de vocêse ampara-los para que não caiam.
Satanás está à espreitae quer que fiquem longe da estrada mestra,
mas ele não pode fazer nada contra mime contra os meus filhos.
Deixem, portanto, que vos acompanhe

e não sejam filhos teimososque recusam a minha mão e caem.
Eu vos amo e quero a vossa salvação e a vossa felicidade.
Deus vos ensina em muitas maneiras.
Em primeiro lugar, dá-lhes o conhecimentoque precisa para viver em harmonia com Ele

e para fazer a sua vontade.
O vosso espírito é o templo de Deuse é aí que o Espírito Santo age para vos orientar e instruir.
Aprendam a ouvir o que o Espírito sugere,porque seu trabalho é incessante em vocês.
Na frente de cada escolha que vocês tem que fazere a cada situação que deveis enfrentar,
o Espírito Santo está pronto para apoiá-los com a sua luz.
Infelizmente são poucos os que o buscam e o ouvem.Não faça isso vós também!
Vocês são capazes de ouvir as necessidades do vosso corpo quando está com fome,
mas não sabem ouvir as necessidades davossa almaquando ela vos pede o alimento espiritual.
Saibam ouvir os impulsos divinos em vocêse sereis capazes de escolher o bem e evitar o mal.
Não é difícil, só estájam abertos a realizar a vontade de Deuse sejais mais pensativos e silenciosos.
A vida na Terra tornou-se uma corrida constantepara chegar não se sabe a que.
Tudo parece indispensável, exceto Deus, mas não é assim.
Viremde cabeça pra baixo a escala dos vossos valorese coloquem Deus em primeiro lugar.
Em seguida, peçam-Lhe para ajudá-los a viver uma vida saudável em todos os níveis
e estejam disponíveis para corrigiro que vos impede de ficarem diante Dele.
Esperem com confiança e Deus vos mostrará o que fazer,
Ele vai fazer vocês entenderem inequivocamente.Deus sempre responde; é o homem que não pede.
     Deus vos ensina também como deveis orar.

Filhos, a oração é uma relação ininterrupta com Deus,
uma relação de amor onde Deus procura vocês e vocêsprocuram Ele.
Busquem a Deus no vosso dia a dia,procurái-Lo com amor em vossos pensamentos,
ofereçam-Lhe os vossos trabalhos e as vossas alegrias.
Sintam-se livres para entrar em contato com Ele como podem e como sabem;

Deus não força vocês a recitar fórmulas que oprimem vocês.

Deus ama a liberdade.
Sejam guiados pelo Espírito Santoe Ele fará surgir em vocês a verdadeira oração.
Através do Espírito Santo,será o próprio Jesus a rezar em vocês de acordo ao querer do Pai.
Então descobrireis o poder da oraçãoe nada vos será impossível.
desejo ajudá-los a descobrir a grandeza de Deus em vocês

porque sou vossa mãe
e não tenho outro desejo que revelar-voso amor

que a Santíssima Trindade tem para cada um de vocês.
estou ao vosso lado em todos os momentos
e os abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo “

http://www.versolanuovacreazione.it

Uma transição Cósmic

Deixe um comentário

Mensagem do Espírito Santo do 15 de maio de 2016

Solenidade de Pentecostes

“Meus queridos filhos, meu povo, Hoje desejo abençoá-lo e envolvê-lo com a minha luz.

 O fogo do meu amor desce em vocês como desceu na primeira Pentecostes sobre a Igreja nascente. O Meu fogo,se for aceito pelo vosso coração, torna-se luz e a luz ilumina toda a escuridão, torna-se conhecimento de Deus autêntico e profundo.

É o meu dever trazer-vos a verdade toda inteira, de acordo com o que o Pai desejae que o Filho tornou possível através de Seu sacrifício para vocês. É  meu dever de esclarecê-los no fundo e do alto; É incessante o meu trabalho para levar-vos o conhecimento d’Aquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida. Eu vivo pelo Pai, e pelo Filho e com eles vivo para o nosso povo; nosso, porque é o povo do Pai, do Filho e do Espírito Santo. [1]

A ação continua da Santíssima Trindade neste tempo leva para a criação nova e a nova criação vem através de um povo novo. Hoje eu gostaria de fazer de vocês um povo novo. Portanto, este é um grande dia para vocês. É um dia solene, porque hoje eu desço  em vocês com a mesma força com que eu desci na primeira Igreja. Também desço em todo o universo sobre cada filho de Deus, Para fazer de (que) cada filho de Deus um templo vivente. Todos os filhos de Deus no universo irão formar unidos o povo novo.

Estejam cientes de que hoje começa a Pentecostes cósmica: isto significa que de agora em diante, haverá um só povo de Deus em todo o universo. De agora em diante vocês não sereis mais um pequeno resto da humanidade na Terra, mas o povo do universo que vive na Terra. No povo de Deus não haverá diversidade de experiências, de culturas, de planetas, mas haverá um só espírito. Eu sou aquele que tem unido o povo, unindo uns com os outros todos os filhos de Deus para torná-los um povo novo.

Hoje Eu desço em todos os meus filhos no universo. Vocês estão cientes do que isso significa? Vocês estão cientes de que um novo povo é um povo diferente? Isso não significa que vocês são maiores do que os outros; pelo contrário, peço-lhes que sejais humildes e servos desta pobre humanidade doente e pobre porque privada da Verdade; humildes servos daquele que é a Verdade, Jesus Cristo, e que levam a todos os irmãos da Terra, a Verdade. Povo diferente significa que este povo novo será visto como diferente. Por isso, vocês  serão perseguidos; Também se aplica a vocês o que foi dito aos apóstolos e discípulos: “(Vós) Vos expulsarão das sinagogas” [2]. Eles vão dizer que vocês são diferentes e fazem parte de uma seita; vos chamarão fanáticos, hereges, etc …Mas vocês sabem quem são: o povo de Deus. Este povo de Deus vai reconhecer-se, ficando face a face com Deus. Vocês se reconhecerão em Deus e não no que os outros dizem sobre vocês.

Não tenham medo de perseguição, eles vos empurram mais à frente no caminho como empurraram para fora de Jerusalém, os apóstolos e os discípulos amedrontados. Assim, se espalhou a obra da redenção. Da mesma forma se espalha agora a obra da nova criação: O imenso povo de Deus vai se espalhar por todo o universo, como a semente de Deus. Serão unidos, porque uma semente não pode permanecer em si mesmo caso contrário ela morre. [3]

Convido-vos a viver a comunhão intensa entre vós como Jesus lhes ensinou. É o amor mútuo, limpo e puro, que faz de vocês um povo novo. [4] Vocês não precisam de grandes discursos, não deve haver nada mais do que aquilo que já foi dado. Agora só é preciso que vocês o vivam. Vocês receberam tanto por meio do Evangelho, os ensinamentos da Igreja ao longo dos séculos, o ensinamento dos Santos, das testemunhas e dos mártires. Receberam também muitas revelações. Possuís então uma doutrina sólida e não precisam de outras doutrinas, vocês tem já tudo. Agora façam que viva em vocês a centelha da verdade, a chama do meu amor. Então  considerar-vos-ei e sempre vos acompanharei aonde fores. Onde quer que vocês vades, levareis a chama do amor de Deus. [5]

É importante que vocês entendam a gravidade deste tempo: A Terra se acha em estado gravíssimo, e até mesmo a Igreja que em grande parte perdeu o rumo da Pentecostes. Mas vocês não estão contra a Igreja, mas são uma faísca nova e poderosa na Igreja de Deus. A Igreja de Deus deve ser uma só, servindo a Cristo e honrando o Pai, liderada por mim e que vive para a glória da Santíssima Trindade e para o bem de todos os homens de boa vontade.

Repito: vocês não está fora da igreja, mas vocês são “a Igreja”; Na verdade não há outra igreja do que esta: um povo simples, humildes, que ama Jesus, que vive os seus ensinamentos e as suas leis, na comunhão fraterna e na santidade de vida, à imagem da Virgem Maria, vossa mãe. Esta é a Igreja, todo o resto são estruturas que não vos servem nem agora nem mais.

Repito-vos que são um só povo  em todo o universo e que já não são mais o pequeno resto da Terra, mas a parte do povo do universo que vivem na Terra. Não há mais diferença entre vocês e as humanidades fiéis, entre vocês e as pessoas que no universo vivem para o seu Senhor Jesus Cristo. Vocês fazem parte de um único povo, aquele do universo, quer queiram quer não.

Estejam cientes de tudo isto e da responsabilidade que Eu estou dando-lhes hoje, mas estejam também cientes da força da graça do que serão investidos, tanto vocês que estão aqui presentes, quanto aqueles que estão se juntando a vocês em espírito. Este poder descerá, Através de vós, sobre as vossas casas, vossas famílias, sobre os vossos povos. Descerá sobre esta casa e todas as casas em que este povo morará. Em todos os lugares, haverá um membro do povo novo, ali, se encontrará o povo do universo, eu vos prometo. Eu espero por vossa parte fidelidade, transparência, coragem, prontidão para anunciar em todos os lugares a verdade. A Verdade é Jesus Cristo, não há nenhum outra em todo o universo e nunca haverá outra. [6]

Esta verdade faz estremecer o inferno. Assim, o inferno vai estremecer diante de vós, mas vocês não estremeçam diante inferno, não tens qualquer motivo. Quem anda comigo não teme nada e venceu a morte. Portanto, força, meu povo! Agora começa para vocês tempo para sair (fora) de todas as “muralhas de Jerusalém” que construíram ao vosso redor, por todas as paredes que têm oprimido vocês e não fizeram brilhar em vocês a beleza de Deus. Eu sou a beleza de Deus e eu quero brilhar dentro de vocês. Eu sempre estarei com vocês. Eu estarei sempre em vocês, na frente de vocês, alem de vocês, acima de vocês para orientar-los, amar-los  e protegê-los. [7]

Eu vos abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo “.

[1] Ver João 16: 12-19
[2] Ver João 16: 1-4
[3] Ver Às 4..; 8.
[4] Ver João 15: 1-11
[5] Ver João 20: 21-23.; Lucas 24: 45-49
[6] Ver Jo 8, 12.; João 8: 31-32; Hebreus 1: 1-3; Ap 20, 7-10
[7] Ver Atos 1: 4-5

————————————–

Ficar em comunhão com Deus

Deixe um comentário

Queridos irmãos e irmãs, proponho-vos uma mensagem de São José que nos chegou ao início da novena dedicada a ele. Durante a oração, pedimos-lhe para nos dizer algo de si mesmo, já que dele se  fala pouco. Ele nos dirigiu estas palavras que nos exortam a viver em um relacionamento profundo e autêntico com Deus, a fonte de toda a nossa felicidade e realização.

Saúdo-vos com grande afeição, abençoo-vos. O Senhor vos dê a paz.

                                                                                                                                                                                                          Stefania Caterina

Mais

4. O povo novo celebra a vida.

Deixe um comentário

 Encontra-te com Deus em Jesus Cristo

Queridos irmãos e irmãs,

     . Inicio esta reflexão com as palavras de São Miguel Arcanjo tiradas da sua mensagem de 17 de marco, 2013. Elas abrirão o caminho para buscar a Deus em qualquer homem, irão ajudar os cristãos que começam a preparação para a Páscoa para aprofundar o conhecimento de Deus;

  Mais

3. O povo novo celebra a vida

Deixe um comentário

    Saia de ti mesmo e fica na presença de Deus (1 Reis 19: 1-18)

Queridos irmãos e irmãs,

O convite de Deus para quem quer conhecê-Lo é o mesmo que o dirigido ao profeta Elias (1 Reis 19: 1-18) sair de si mesmo e abrir-se a Deus. Este é o passo mais óbvio e natural para a relação entre a criatura e Deus; ao mesmo tempo, que é o mais difícil. Como testemunhado em toda a história da salvação, por todos os santos, e até mesmo o grande profeta Elias: também ele teve que sair de seus raciocínios, suas visões de salvação, de seu poder carismático para entrar no silêncio e aceitar a ação salvadora de Deus.

O homem é um ser comunicativo, extático. Também a natureza é assim: ela se abre para ser aquecida, regada, adubada para oferecer seus frutos. Ao contrário da natureza, o homem é livre,  comunica com Deus no amor doando de novo a vida a ele. Assim, cresce, se transforma e alcança sua perfeição em comunhão com Deus

  1. 1.    Porque o homem tem medo da justiça de Deus? A justiça de Deus é o habitat perfeito em que se desenvolve a vida de cada indivíduo e de toda a comunidade humana. Aí tudo é perfeito: o amor, a ordem, o conhecimento, a vida e tudo o que é nobre desejo no homem. No entanto no homem, fechado, tudo é imperfeito e leva à corrupção, como resultado do seu pecado.

Misteriosamente, o homem se esconde, foge daquele seu habitat perfeito, da face de Deus. Encontra mil razões para fechar-se na sua vontade e no seu modo de pensar e, assim, se auto limita. Fechando-se em frente à justiça de Deus, entra no medo, distorce a sua relação religiosa e se torna um hipócrita. Evitando a justiça de Deus, que em Deus é realidade, o espelho da perfeição, prefere falar superficialmente de misericórdia, de graça, ter experiências extraordinárias, carismas, serviços especiais, sucessos; ou priva-se da capacidade de conhecer o Bem e o Mal. Assim fazendo entra para o turbilhão da confusão: no fundo, tem medo de entregar-se a Deus para ser completamente regenerado por ele; se condena a sobreviver acolá onde se acha e depois morrer.

  1. 2.       Conhecemos a abertura perfeita para Deus de Maria Santíssima, que é a única nova criatura. A sua atitude diante de Deus é resumida nas suas palavras ao arcanjo Gabriel: “Eis aqui, sou a serva do Senhor. Deus faça de mim o que você disse” (Lc 1, 38). Toda a sua vida se desenvolve  nesta atitude, a partir do momento da sua Imaculada Conceição ate à Assunção ao céu em corpo e alma. Ela mesma o explica em uma mensagem para Stefania Caterina:  Filhinhos, eu não estou morta! Quando fui levada para o céu, eu não estava em um estado de morte, mas de profundo êxtase. Neste êxtase fui levada para o céu, no tripudio de glória do Todo-Poderoso. Fiquei profundamente em êxtase e todo o meu ser composto de espírito, alma e corpo, subiu acompanhado por anjos que me abriram o caminho, bem como o abrirão a todos vocês quando entrarem na nova criação. Cercada por os sete grandes Arcanjos e por miríades e miríades de anjos, fui levada para o céu “. [1]
  2. Mais

2. O povo novo celebra a vida

Deixe um comentário

Carta aos crentes e não crentes em Jesus Cristo

Queridos irmãos e irmãs, estamos escrevendo depois da mensagem de Jesus e da nossa comunicação de 1 de janeiro de 2014. [1] Vos manifestamos a nossa vontade de informar e acompanhá-los neste ano. Com este artigo queremos envolvê-los num compromisso responsável para realizar o nosso destino comum: fazer um salto de qualidade na vida e participar do futuro glorioso da humanidade.

Nós testemunhamos que todo o universo será recapitulado em Jesus Cristo. Isto não vos perturbe! Não começamos pelos preconceitos, pelas imagens religiosas que se impõem, nem, mesmo por ideologias religiosas. Gostaríamos de entrar com vocês em um diálogo profundo no qual possa emergir a verdadeira identidade do homem, do crente em Deus como de um cientista que procura a verdade, com os homens que estão comprometidos a viver e expressar desejos e ideais mais nobres depositados neles, para dar um salto de qualidade na vida. Tudo isso envolve a responsabilidade dos crentes e não crentes, bem como os pertencentes a todas as religiões.

Todo homem foi criado à imagem de Deus: ela é impressa em sua essência. O homem é capaz de encontrar AQUELE QUE È, além de todas as imagens de Deus criadas pelos homens. Esta é a base metafísica pela a qual Deus se revela nestes tempos para todas as pessoas do universo, em Jesus Cristo, como AQUELE QUE É, ou a realidade vivente. Ele dá a todos a possibilidade de despertar neles a verdadeira imagem d´AQUELE QUE É. Assim, cada um pode encontrar sua verdadeira identidade em Deus e tornar-se uma nova criatura; como tal, é regida pelas leis do espírito puro, e torna-se uma colaboradora de Deus. Nisto tem origem o verdadeiro conhecimento e a ciência que faz o homem perfeitamente capaz de governar a criação em conjunto com Deus.

Nestes tempos Deus manifesta todo o seu amor para chegar a cada homem e a cada criatura em todo o universo. Convida os homens a saírem de seu pequeno mundo, abrir-se a ele para alcançar a vida, prevista para eles desde o início. A ação de Deus é transversal: vai além dos limites dos planetas, das nações e das religiões; realiza-se de acordo com as leis do espírito puro, sobre as quais apoia todo o universo, e força da mesma forma todos os homens, onde quer que estejam. Assim, Deus se aproxima a cada homem, nele desperta o espírito e empurra-o a fazer uma escolha construtora; ele faz isto diretamente ou por meio dos instrumentos que ele escolhe. Estes instrumentos cumprem suas ordens e estão sujeitos a ele. O programa de Deus não se pode conter e está acelerando-se.

    Deus respeita a liberdade humana, de modo que se comunica com aqueles que estão abertos para receber sua graça. Na mensagem do 1º de janeiro passado, Jesus diz sobre o ano de 2014: “Vai ser bom para aqueles que escolheram a mim: quem tem escolhido a minha vida vai ter graças sempre mais abundantes. Na verdade, todas as graças recusadas por muitos homens, às doarei aqueles que responderam sinceramente. “A Bíblia confirma isso: “Fui achado por aqueles que não me procuraram, mi deixei conhecer por aqueles  que não perguntavam por mim” (Is 64, 1).

Jesus não fazia nenhuma diferença entre os homens, mas olhava para o coração das pessoas e a fé deles. Curou o servo de um oficial romano do qual ele elogiou a fé (Mt 8: 5-13); Ele curou a filha de uma estrangeira (Mt 15, 21-28). Chamou os pecadores: Mateus e o fez o seu apóstolo, afirmando: “… Eu vim chamar não aqueles que pensam que são justos, mas aqueles que se sentem pecadores” (Mt 9, 9-13, 10, 3). Jesus derramou seu sangue por todos os homens: “Bebam todos … porque este é o meu sangue, dado por todos os homens, para o perdão dos pecados.” (Mt 26, 27-28).

No contexto desta reflexão, podemos colocar a vinda gloriosa de Jesus Cristo: “Por meio dele Deus criou o universo, e o estabeleceu como o Senhor de todas as coisas. Ele é o espelho da glória de Deus, imagem perfeita do que Deus é. Sua palavra poderosa sustenta o universo “(Hebreus 1, 2-3).

Nestes tempos Jesus se revelará mais e mais; diante de seus olhos todo homem deve manifestar sua escolha: pertencer a Deus ou a Lúcifer. Todos aqueles que participam da sua ação serão transformados e trazidos para a nova criação. Nesta luz se compreenderão todos os eventos na Terra e no universo. Sem uma prontidão interior para fazer as escolhas certas, ao contrario, se arrisca de entrar em confusão. Cada homem disposto a buscar            AQUELE QUE É, achará em Jesus Cristo o Salvador.

As mesmas leis obrigam também os cristãos, mas com uma responsabilidade maior, porque eles conheceram Jesus Cristo e receberam a graça da salvação. A eles também Jesus se refere na mensagem mencionada: “Tudo o que não foi feito nos últimos anos e ao longo dos milênios pelos cristãos da Terra pesa como um peso sobre toda a humanidade do vosso planeta. Devo, portanto, começar a limpar profundamente o meu povo na Terra, tenho que purificar a Igreja.”

Perdoa-nos, Senhor Jesus,

porque temos obscurecido o teu rosto;

assim confundimos os homens á tua procura.

Perdoai-nos, vós que não credes

e vós que pertenceis a outras religiões,

 que teriam desejado ver a verdadeira face de Deus

Perdoai-nos, homens do universo,

que olhais para o nosso planeta Terra

como o planeta da morte e da corrupção,

quando vocês esperavam ver em nós a humanidade resuscitada.

Não vai salvar-nos automaticamente as instituições com todo o seu poder, nem os sinais, nem mesmo o ouvir sem atenção a palavra de Jesus ou a participação descuidada ou superficial nos sacramentos. Ele mesmo afirma na mensagem citada: “Repito-vos o que eu disse aos meus apóstolos e discípulos, tenham cuidado como vocês ouvem (Lc 8, 18). Cada palavra que vocês ouvirem no Evangelho, nas mensagensem tudo o que vos foi dado, tenham cuidado para ouvi-las em modo justo: ou seja, para permitir que a minha palavra mude a vossa vida, pois caso contrário, a mesma palavra vai fazer vocês sofrerem e vos condenará.”

Caríssimos cristãos vivam o vosso batismo: nele vocês concordaram em morrer para si mesmos para resuscitar no Cristo glorioso. A única maneira para realizá-lo é oferecer-vos a Cristo através do Imaculado Coração de Maria e de São José, fiel por excelência. Quando vocês se oferecem sinceramente a Jesus, recebeis a graça de tornar-se íntegros e imaculados vencendo em vocês a corrupção. Isto vai permitir de entrar em uma verdadeira comunhão com Deus e com o próximo. Amplia-se em vós o espírito de comunhão com todo o Corpo Místico de Cristo, com todas as graças e todos os eventos. A vossa oferta da vida a Deus desperta a unção que vocês receberam no batismo, isto é, aquela de ser sacerdotes, através do sacerdócio dos fiéis, profetas isto é homens de luz e reis, pessoas que governam se mesmos e o universo juntos ao Cristo.

Assim vos tornareis novas criaturas, templos vivos e luminosos que atraem as almas necessitadas sejam dos vivos que dos defuntos. Participem a ação no espírito de toda a Igreja universal. Deus quer chegar a cada pessoa no universo. Para estes tempos nos dá a graça de batizar  no Espírito Santo e fogo também à distância, independentemente do contato físico, como já explicado.[2] Vocês vão fazer grandes coisas e ajudareis os nossos irmãos e irmãs em todo o universo.

Em nossas experiências, temos encontrado muitíssimas almas de todos os tempos que pediram para ser batizados. Citamos um exemplo para ajudar vocês a entender melhor. Se apresentaram in espírito  dois grandes gênios da nossa humanidade, viveram no passado, conhecidos por todos nós, um cristão e o outro não. Na dimensão da outra vida, em que se encontram se tornaram conscientes de que  foram um presente de Deus para a humanidade da Terra; disseram-nos de como Deus os tinha usados durante sua vida terrena. Virando-me para o não cristão, perguntei-lhe se ele queria ser batizado. Ele respondeu, divertido. “Sendo inteligente, imediatamente me acomodei no primeiro grupo de almas que vocês batizaram.”

Vamos, pois, irmãos e irmãs, consolidem o vosso compromisso cristão. Vocês não podem ficar nos seus apertados. Jesus Cristo governa o universo e todos e tudo está mudando para melhor. Participem da ação dele e revelem o rosto dele para quem ainda não o conhece; assim entendereis os eventos que passarão diante de vossos olhos.

Nós vos acompanharemos diante de Deus, oferecidos a ele e na oração. Sua bênção esteja com todos vocês.

Tomislav Vlasic


[1] Mensagem de Jesus 1 º de janeiro de 2014, intitulado: “Um bom ano e difícil”, publicado neste site

[2] Ver Stefania Caterina “Alem da grande barreira” E Luzes Êxodo 2008, cap. 9

Postado em Reflexões

1. O povo novo celebra a vida

Deixe um comentário

Queridos irmãos e irmãs,

com este título que recolherá diferentes reflexões que irão seguir, estamos novamente com vocês. Continuamos a viver em silêncio, como se disse antes, porque é a melhor maneira de experimentar a presença de Deus, a compreensão de sua vontade e colocá-la em prática.

No entanto, o Senhor continua a enviar-nos para vocês que caminhais na estrada que vos foi indicada nos últimos anos. Envia-nos sempre quando Ele julgar necessário, porque ele sabe as dificuldades de seus filhos na terra. Procuraremos não repetir os discursos já ouvidos, mas aprofundá-los para acompanhar-vos, explicar os passos a fazer neste ano que será muito dinâmico, insidioso e que pedirá a cada um de fazer escolhas, para não demorar de participar mais na obra de Cristo em todo o universo.

1. Gostaríamos, em primeiro lugar resumir a identidade do nosso ser e do nosso trabalho.

 Á vários anos estão ativamente envolvidos no trabalho da recapitulação do universo em Cristo, e não por nosso mérito particular, mas pela vontade de Deus. Não recebemos simplesmente mensagens ou tido visões: todo o nosso ser e toda a nossa existência estiveram envolvidos neste trabalho da Santíssima Trindade, juntamente com os instrumentos sublimes como a Santíssima Virgem Maria e São José, aos instrumentos poderosos da nossa época: os anjos, o Núcleo Central, os irmãos do universo fieis a Deus. A obra de Deus em nós tem sido a de transformar-nos cada vez mais, para serem um dia novas criaturas, juntamente com todos os filhos de Deus no universo.

A nossa espiritualidade consiste em viver o santo Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo com a simplicidade da Sagrada Família de Nazaré, seguindo o exemplo de São Francisco e Santa Clara de Assis. A nossa não é uma vida baseada em uma regra estática, mas é dinâmica: estamos continuamente envolvidos na novidade maravilhosa do Espírito Santo que nos leva a uma esperança serena e alegre que vá além de toda esperança humana. Esta novidade toca as nossas profundidades e nos alarga á comunhão universal, para que possamos alcançar a plenitude da vida em Deus, em comunhão com todos os anjos, os santos, os justos que povoam o universo e a Terra e com os nossos irmãos e irmãs do purgatório. Este envolvimento nos estimula sempre mais para nos elevar e ser submetidos às leis puras do espírito, que procedem da Santíssima Trindade. Mais

Não temais, pequeno rebanho … (Lc 12, 32)

Deixe um comentário

Caros leitores,

Proponho-vos a mensagem de São Miguel  Arcanjo, que marca o caminho para os eventos que nos esperam. São Miguel diz que esta é a última mensagem para a humanidade da Terra, mas que nada faltará aqueles que desejam participar sinceramente do plano de Deus para recapitular todas as coisas em Cristo. Vamos, então, nos por ao serviço de Deus com plena confiança , lembrando uns aos outros da nossa “responsabilidade de seres humanos e cristãos “, como afirma São Miguel.

Saúdo-vos e lembro-me de voces sempre em minhas orações . O Senhor vos dê a paz .

Stefania Caterina

Mensagem de São Miguel Arcanjo, de 19 novembro de 2013

” Saúdo-vos, irmãos e irmãs da Terra! Deus me envia novamente para vocês. Este, no entanto, não é uma mensagem, como as outras que vocês receberam até agora: as minhas palavras hoje concluem um ciclo de vossa história e vão abrir um novo. Falo hoje pela última vez a humanidade na Terra. Houve explicação de muitas coisas e, portanto, não pretendo repetir o que vocês já sabem. Vou destacar alguns pontos para chamá-los mais uma vez á vossa responsabilidade como seres humanos e crentes . Aqui estão os pontos em que eu convido vocês a refletir.

1 . Tudo o que foi dito ao longo dos anos será levado a cumprimento na terra. O plano para unir todas as coisas em Cristo será realizado. Não se iludão os inimigos de Deus e do seu povo! Deus tem o poder de levar á conclusão o que ele estabeleceu . Se parece não ser assim, é somente porque Deus é paciente com os homens da Terra, e dá a todos o tempo para entender, se vocês quiserem entender. As promessas de Deus sempre se tornaram realidades naqueles que o amam e o buscam sinceramente; se tornam realidades, mesmo nos inimigos de Deus, que, queiram ou não, devem se curvar à vontade da SS. Trindade. Na verdade, os homens, anjos, demônios e todas as criaturas estão sujeitas ao poder de Deus e nada escapa de seus olhos. Cedo ou tarde, tudo terá que ser cumprido. Tenham certeza disso.

2 . O plano para recapitular todas as coisas em Cristo já começou a funcionar no universo. Os núcleos, o novo sacerdócio, a união mística com Cristo e as outras coisas sobre as quais muito tem sido dito, já estão operando na maior parte do universo; estão operando nas humanidades fieis a Deus que povoam o alto universo; estão operando na maior parte das humanidades do médio universo. Aqui, de fato se realizou uma obra profunda e capilar de evangelização pelos irmãos fiéis a Deus que produziram muito fruto. Planetas inteiros do meio universo foram convertidos a Deus e, juntamente com as humanidades fieis, formão um grande e poderoso povo.

Digo isso porque vocês não pensem que o que vos foi anunciado nos últimos anos seja uma bela utopia . Deus não é um vendedor de fumo como muitos de vossos líderes políticos e religiosos, não engana ninguém, muito menos aqueles que o amam. Portanto, o que já se opera em outras partes do universo acontecerá na Terra e no baixo universo onde a Terra fica.

A Terra está ficando em forte atraso por causa do seu afastamento de Deus, da sua arrogância e da sua infidelidade. O vosso planeta era para ser um centro de irradiação da mensagem de salvação para todo o universo, pelo fato de que Jesus Cristo se encarnou na Terra. Vocês podem ver por si mesmo que a Terra tornou-se em vez um centro de irradiação do pecado e da corrupção. A maioria de sua humanidad , de fato, vivem fora das leis de Deus, seguem a lei do egoísmo, do pecado e da morte.

3. Em todas as épocas Deus constituiu na Terra um pequeno resto, um povo humilde , que permaneceu fiél à sua lei de amor e vida: um pequeno rebanho de que fala Jesus ( Lc 12 , 32) , graças ao qual Deus tem perdoado muitos pecados  desta humanidade e para o bem do qual irá realizar seus projetos na Terra. Os santos, os profetas e os justos que viveram em vosso planeta ao longo da história, têm aberto o caminho para a realização do plano de Deus na Terra. Quase sempre insultados e perseguidos, ofereceram suas vidas e seus sofrimentos por todos, empurrando as punições que a vossa humanidade justamente merecia. Como está escrito : ” Deus os testou e achou-os dignos de si mesmo, ele testou-os como o ouro na fornalh, e ele recebe -os como um holocausto “ (Sb 3 , 5-6). O seu sacrifício, permitido por Deus, não foi em vão e isso vai ficar claro no fim dos tempos.

Ainda hoje este pequeno rebanho está presente na Terra; está unido com Deus e seus instrumentos e em silêncio, em meio às dificuldades de um mundo pagão, sem fé e sem lei. É como se fosse um brôto, mas destinado a crescer. Deste brôto Deus fará nascer um novo povo, através do qual irá realizar seus planos. Vocês todos estão chamados a ser parte deste povo, porque Deus não mostra favoritismos. Para fazer parte dele, no entanto, não é suficiente o entusiasmo: vocês devem despir-se do egoísmo, de toda a ambição e compromissos e decidir-se sériamente sobre a mudança de suas vidas, para viver de acordo com as leis divinas que Deus deu a conhecer através de Jesus Cristo.

Lúcifer e seus seguidores são numerosos e poderosos na Terra, como vocês podem ver. Eles odeiam o pequeno rebanho de Deus, desejando dispersa-lo, e exterminá-lo, mas Deus está cuidando do que é Dele próprio. Saibam isto os inimigos de Deus e de Jesus Cristo!

4 . A humanidade da Terra se entregou a Lúcifer desde o momento do pecado original. Aqui Lúcifer colocou seu trono; tambem ele  se formou um povo na Terra; daqui, pensa de expandir o seu reino por todo o baixo universo. A situação é grave no vosso planeta, mas a maioria de vocês estão completamente nescios dos perigos que correm, preocupados pois, em como sobreviver: se Lúcifer não poderá conseguir o que quer, vai distruí-los. Ele faz sempre assim: quando não pode conseguir, distroe. O poder na Terra está firmemente nas mãos de uma hierarquia que serve Lúcifer, e vocês podem ver onde vocês estão sendo levados: a Terra é um lugar de desespero, conhecido em todo o universo como o ” planeta da morte”, perigoso e hostil.

5. A humanidade da Terra não poderá sair sozinha do túnel em que se enfiou. Para isso, vocês necesitarão da ajuda das humanidades fieis a Deus. Deus quer a muito tempo enviar para vos ajudar os vossos irmãos e irmãs do universo fieis a ele, contra os quais Lúcifer não pode fazer nada; mas Deus sempre respeitou a vossa liberdade. Muitos de vocês não aceitam a idéia de que existem outros homens no universo e isso atrasou os planos de Deus. Alem disso, os vossos governantes e líderes religiosos, que temem fortemente a intervenção dos irmãos fiéi , ter escondido aos povos a realidade do universo; isto complicou ainda mais as coisas. Não obstante isto, Deus decidiu enviar-vos a ajuda do universo e irá fazê-lo, colocando um limite sobre a astúcia e arrogância dos homens na Terra que não querem aceitar a realidade como ela é em Deus, nem dobrar-se à sua vontade.

Até agora, os irmãos fiéis a Deus percorreram o universo medio, levando a todos os povos o anúncio da redenção operada por Jesus Cristo batizando em seu nome povos inteiros. Eles esperam de Deus a ordem para entrar no baixo universo para realizar a mesma tarefa de evangelização. Neste universo, onde vocês tambem estão, a situação é delicada: aqui Lúcifer tem um grande poder sobre as diferentes humanidades, porque elas são rebeldes a Deus. Não aceitarão facilmente a chegada dos irmãos fiéis, ao contrario, reagirão com violência. A entrada dos irmãos fiéis, com toda a sua potência, no baixo universo e o início da evangelização deles trará tambem fortes repercussões sobre a Terra, porque Lúcifer e os seus estarão continuamente em alerta e multiplicarão os esforços para afastar as humanidades fieis.

A Terra será o último planeta do baixo universo a ser visitado pelos irmãos fieis. Estes, no entanto, estarão em comunhão com o pequeno rebanho da Terra que aceitou a tempo a sua existência e espera com amor a sua manifestação. Deus enviará os irmãos fiéis na Terra para visitar os indivíduos e nucleos bem preparados para instruir e proteger os filhos de Deus. Quando chegar a hora, Deus vai ordenar para que apareçam abertamente a toda a humanidade na Terra. Neste ponto, já não servirão para nada as mentiras dos vossos governantes, ou até mesmo as suas armas e escudos estelares. Então vocês irão ver os sinais no céu, no sol, na lua e nas estrelas     ( Lc 21, 25 ); todos entendereis a realidade como ela é, mas, para muitos, será tarde demais. Agora é o momento em que todos, do maior ao menor, devem fazer a propria escolha: ou com Deus ou com Lúcifer. Não percam tempo, porque não há muito tempo.

6. Antes que tudo isto aconteça, nada vai faltar aos verdadeiros filhos de Deus,  aqueles que desejam ser recapitulados em Cristo para se tornar novas criaturas . Serão instruidos sobre tudo o que os espera: o Espírito Santo irá guiá-los interiormente para a verdade e receberão confirmações sempre mais no devido tempo. Deus vai proteger seu pequeno rebanho, apesar da batalha que o espera: este pequeno resto irá colidir de frente com as forças do mal e da Terra, será o cenário da maior batalha entre os espíritos de todos os tempos: o Espírito de Deus, presente em seus filhos, e o espírito deste mundo presente nos filhos das trevas.

7. Para enfrentar tal batalha, Deus colocou ao lado do seu povo, os três principais instrumentos dessa época : anjos, Nucleo Central e irmãos fiéis a Deus. Quem os recebeu e entrou em comunhão com eles será fortemente protegido. Os instrumentos de Deus estão em plena ação no universo, e enfrentam situações difíceis: eles devem  preparar em espírito a entrada dos irmãos fiéis no baixo universo  e proteger os mais fracos entre o povo de Deus. Deus os chamou para uma ação silenciosa e poderosa.

8. Deus está retirando em silêncio os seus instrumentos, ordinários e extraordinários, para concentrar seus esforços onde é realmente necessário. As grandes vozes proféticas deste tempo vai calar lentamente, até silenciar completamente. É o grande silêncio de Deus que precede os grandes eventos que vos esperam. Os outros permanecerão na praça gritando as vozes confusas dos falsos profetas. Só quem vai ficar firme em Deus poderá discernir na grande confusão o que vos espera : instabilidade política, social, religiosa, mesmo desordem na natureza que devastaram além de todos os limites: ” Se levantará nação contra nação, e reino contra reino , e haverá em lugares diferentes terramotos, fomes , e pestes, e haverá tambem acontecimentos terríficantes … “ (Lc 21 , 10) . Deus não vai falar com os surdos que não querem ouvir, nem vai fazer a sua acção para os cegos que não querem ver: a obra de Deus será compreendida apenas por aqueles que estão unidos a ele. Deus retirará as graças daqueles que abusaram da sua bondade, e não se converteram, para as doar aos que andam na Sua vontade. A vossa humanidade será posta à dura prova, não porque Deus quer puni-los, mas porque quer purificá-los e conservá-los: a vossa obstinação é tal que vocês não deixam para Deus outra forma do que a da provação; só assim vos dobreis para bem, ao contrario estais sempre prontos para escolher o mal.

9. O plano de Deus para salvar os seus filhos está ocorrendo com todo o seu poder em todo o universo. Não vai parar até que seja abbatido o baixo Reino de Lúcifer. Toda a criação será afetada pela ação da Trindade como uma onda gigante que vai se espalhar por toda parte. Decidam-se agora qual lado tomar, amanhã poderá ser tarde demais.

10. Até mesmo a Igreja da Terra serã provada duramente para ser purificada dos muitos pecados dos  quais está manchada. Deus ama a Igreja e quer salvá-la, mas não será possível sem uma verdadeira expiação de seus pecados .

Para esto convido, mais uma vez o Papa e as hierarquias de todas as Igrejas cristãs a reconhecer e proclamar a existência de vida no universo, especialmente a existência dos irmãos fiéis a Deus. Convido vocês tambem a reconhecer a existência dos três instrumentos neste momento extraordinário e ficar em comunhão com eles, para receber ajuda e proteção. Convido-os por fim a reconhecer, a minha autoridade como o Precursor da vinda gloriosa de Cristo e guia do povo de Deus nestes últimos dias . Eu não estou pedindo isso para mim, mas para os planos de Deus e Sua vontade. Não vos peço erger-me estátuas caras, mas a obedecer as minhas ordens, que são ordens de Deus para o bem do seu povo. Se isso for feito, os sofrimentos da humanidade na Terra será encurtado e receberá toda a ajuda que vocês precisarem de mim e de todos os instrumentos que chefio. Esta é a última chamada que dirijo a vocês, depois da qual a palavra é de Deus que vai fazer o que ele pretender fazer. Reflitam e rezem para responder da maneira certa.

Convido todos os sacerdotes e os cristãos, do menor até o maior, para refletir sobre seu próprio comportamento e oferecer-se incondicionalmente a Deus. Levantem os seus olhos, pois são muito voltados para as coisas da Terra; vocês estão tão absorvidos pelas preocupações deste mundo que a semente de Deus não cresce dentro de vocês como deveria ( Mt 13 , 22). É justo que vocês façam o vosso dever pastoral, social, familiar; estes porém não éstão no primeiro lugar na escala de valores de Deus: lembrem-se que antes deveis procurar o seu reino, e que o resto será dado a vocês em acrescimo (Mt 6 , 33). Correis de manhã à noite e vos preocupais com coisas que muitas vezes são desnecessárias; raramente sabeis escolher a melhor parte da qual  fala Jesus( Lc 10 , 38-42) .

É hora que os cristãos sejam testemunhas autênticas e corajosas doEvangelho, através de uma vida íntegra em Deus  e de uma verdadeira comunhão fraterna: “Vós sois o sal da terra: mas se o sal perde seu sabor, como se há de salgar? Para nada serve senão para ser lançado fora e pisado pelos homens “( Mt 5, 13). Muitos cristãos têm se tornados insípidos e esta é uma das causas de muitos males da Terra.

 Arrependei-vos !

Faço um apelo a todo o homem que diz que não acredita mas é de boa vontade: não é tarde demais para descobrir Deus. Este é um momento de fortes graças para aqueles que querem mudar suas vidas para melhor. Buscais a Jesus Cristo e ele vos manifestará a sua vida. Vocês sereis novas criaturas e contribuireis na construçao de um novo futuro para a humanidade de todo o universo. Deus precisa de cada um de vocês e vos criou para a Sua glória. Reflitais!

Faço um apelo tambem a voces que decidiram adorar e servir a Lúcifer: o vosso tempo está se esgotando. Vocês não vão parar a obra de Deus, nem reprimir seu povo que está se expandindo cada vez mais em todo o universo. Ainda tem como voces se converterem, se vocês o quiserem e expiarem seus pecados . Vocês ainda podem escapar da escravidão de Lúcifer; cuidado, porém, porque o tempo ficou curto.

 Se vocês não se arrependerem irão seguir o destino do vosso mestre.

Meu discurso pára aqui. Eu disse tudo o que o Senhor me ordenou e continuarei a orar por vocês. Abençôo todos os que lêrem estas palavras; bendigo especialmente os que irão recebê-las e colocá-las em prática. Para vocês, pequeno rebanho, eu digo,

não tenham medo, porque Deus está sempre perto. Fiquem em paz e tenham a certeza de vocês crescerem na fé, na esperança e no amor. Sejam um sinal da presença de Deus entre os homens da Terra que serão cada vez mais confusos e perdidos. Isto é o que Deus espera de vocês. Compete a Deus fazer grandes coisas; a voces compete ser pequeno e simples como as crianças que confiam com amor nas mãos do pai. Orem muito e supliquem a Deus que tenha misericórdia sobre a humanidade na Terra.

Eu vos abençoo e abençoo toda a humanidade da Terra, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo “.

Maria, Porta do Céu

Deixe um comentário

Carissimos leitores,

na mensagem que vos proponho, a Madonna revela muitos detalhes de sua vida e de sua missão. Ela nos chama para uma vida simples, vivida com Ela, a serviço de Deus e do próximo. É uma chamada á transformação para entrar na criação nova. Neste caminho, a Madonna é a estrela da manhã e a porta do céu. Em contemplá-la, vamos compreender os acontecimentos dos tempos e o caminho a tomar para chegar á recapitulação em Cristo.

O conteúdo da mensagem é forte e exigente, por isso decidimos não transmitir, nesta semana, as reflexões de Tomislav Vlasic para não sobrecarrega-los e dar-lhes modo de refletir em silêncio sobre as palavras de Nossa Senhora. Estamos confiantes de que a mensagem vai ser um bom motivo de partida para as suas orações.

Faço votos que vocês experimentem a doçura da nossa Mãe e Rainha, mesmo nas provações e angústias da dura existência terrena. Eu estou perto de voses com a oração e o amor.

O Senhor vos dê a paz .

Stefania Caterina

Mensagem de Nossa Senhora 15 de agosto, 2013

“Meus queridos filhos,

Eu vos abençôo hoje com grande alegria! Este dia marca o triunfo da nova humanidade. Através de mim, abriu-se uma estrada no céu: eu abri o caminho para a nova humanidade, para a nova criação.

Filhinhos, eu não morri! Quando fui levada para o céu, eu não estava em um estado de morte, mas de profundo êxtase. [1] Neste êxtase fui levada para o céu, no tripudio da glória do Todo-Poderoso. Eu estava profundamente em êxtase e todo o meu ser feito de espírito, alma e corpo se elevava acompanhado por anjos que abriram o caminho, bem como o abrirão a todos vocês quando entrarem na nova criação. Cercada pelos sete grandes Arcanjos, e por miríades e miríades de anjos, fui levada para o céu.

No êxtase não há nada de subjetivo, nem de emotivo: é um puro dom de Deus. O verdadeiro êxtase não é jamais inconsciente, ao contrário, é o verdadeiro conhecimento das coisas do céu. Tal conhecimento é tão grande o suficiente para atordoar as criaturas. Se as pessoas não caissem em êxtase quando vissem as coisas do céu, elas iriam se machucar fisicamente não podendo lidar com as altas frequências que passam por elas quando vêem e ouvem.

Deixem-me dar um exemplo para ajudá-los a entender: durante minhas aparições na Terra, os videntes caem em êxtase; quando estou fisicamente presente, de repente se acham em contato com uma dimensão diferente e superior da que vivem habitualmente. É a dimensão do puro espírito, em que as leis da física e as naturais, são completamente diferentes; o corpo humano poderia sofrer consequências graves. No estado de êxtase, no entanto, todas as leis naturais e físicas estão suspensas e a pessoa é capaz de viver tal experiência. Vocês podem entender o quão necessário foi que eu caisse em êxtase, por ter subido diretamente para o céu com o corpo, transpondo a Grande Barreira do céu, e entrado na dimensão do puro espírito. Meu êxtase foi tão profundo a ponto de ser confundido com um estado de morte, mas eu não estava morta, eu era ao contrario, realmente capaz de compreender e participar a ação de Deus.

Surgiram muitas discussões teológicas sobre a minha assunção ao céu. Muitos acharam inevitável que eu esperimentasse a morte, desde que o meu filho, que é Deus, morreu na cruz: se o Deus-homem está sujeito à morte, porque sua mãe, que é uma criatura, não teria que morrer? Isso seria óbvio se Jesus não tivesse ressuscitado e subido ao céu. Por sua ressurreição e ascensão ao céu, no entanto, o meu Filho abriu o caminho para a criação nova e eu fui a primeira criatura nova a entrar com meu novo corpo na dimensão do puro espírito, além da Grande Barreira do céu.

Não se esqueçam que eu sou a Imaculada desde a minha concepção. O que isso significa? Foi-vos dito que quando Deus cria, vocês são postos a frente de Lúcifer e tem que escolher entre Deus e ele, entre o Supremo Bem e o Mal. Para mim não foi assim: naquele momento, Deus me perguntou se eu queria aceitar a minha missão como Mãe do Salvador. O privilégio de ser a Mãe de Deus comportou vários aspectos: a participação plena no sacerdócio de Jesus; a comparticipação no seu sacrifício de Redenção, a disponibilidade para ser a Mãe tambem da humanidade, e para apoiar o povo de Deus no seu caminho para a nova criação. Não hesitei em responder afirmativamente. Eu estava completamente voltada para Deus, absorvida por sua luz e envolvida por sua santidade. Desde então, tenho sido intimamente ligada a Jesus, a segunda Pessoa da Santíssima Trindade, unida para sempre á sua vida e ao seu destino de dor e de glória. Eu acolhi Jesus em meu espírito muito antes que no meu ventre. O meu sim no momento da minha concepção precedeu o do Arcanjo Gabriel: na Anunciação reesplodiu em mim a lembrança do meu primeiro sim.

Já no momento da concepção, Deus me deu o conhecimento que eu não estaria sozinha: na verdade, Jesus tinha de nascer e crescer em uma família e esta família seria um modelo não só para as outras famílias, mas para toda a Igreja. Deus iria colocar ao meu lado um homem justo e fiel, uma ajuda sólida e concreta para lidar com a minha missão. Aceitei de bom grado a presença de José na minha vida e na do meu filho. Em meus olhos, José foi justo, santo, verdadeiramente um grande adorador do Filho de Deus. Foi ele, depois de mim, o primeiro a acolher o menino Jesus recém-nascido em seus braços, disso ele era digno. Depois de Jesus, José foi a alegria do meu coração, o meu apoio, o amigo mais querido. Nós não estávamos humanamente ligados um ao outro, não havia nada de sentimental em nossa união: havia o puro amor de Deus que nos uniu na pureza e na fidelidade ao plano divino. José não era imaculado como eu, mas soube me respeitar e foi capaz de participar plenamente do meu ser imaculada; e era uma flor de virgindade e pureza. Ele sobe custodir o silêncio divino e naquele silêncio entendia todas as coisas.

Sua morte prematura foi uma das grandes tristezas da minha vida terrena, uma dor que eu oferecí a Deus. O espírito de José, no entanto, sempre esteve ao meu lado, e eu podia perceber a sua presença amorosa nos dias escuros da Paixão, percorreu comigo o caminho da cruz, estava comigo de baixo da cruz; não poderia ser de outra forma: ele amava tanto Jesus que gastou por ele toda a sua vida na Terra. José era jovem e sua vida foi curta. Meu coração entriste em ver como sua figura tem sido negligenciada, quase ignorada, e distorcida ao longo dos séculos; e ainda assim, deveis muito a ele!

A partir do momento que eu aceitei a minha missão, Lúcifer não podia chegar perto de mim, nem tentear de qualquer forma. Para a duração da minha vida terrena eu não fui tocada nem de leve pelo mal. Tenho observado e compreendido a ação terrível de Lúcifer, eu passei por muitas provações, tenho experimentado a dor, mas não a tentação, nem o pecado. Por isso Lucifer me odeia tanto! Minha imaculabilidade foi uma pura graça que Deus me deu em vista da minha missão, graça única e que não tem como repetir-se na história da salvação e na história da humanidade.

Para vocês não é assim: mesmo se vocês tivessem dito sim no momento da concepção, todavia sereis tentados e atacados por Lúcifer durante a vossa vida terrena. Mesmo as humanidades fieis a Deus do universo que não tenham cometido o pecado original, estão sujeitos as açoes tentadoras do demonio. No entanto, elas ficam em vão contra eles, porque estes irmãos são poderosos no espírito, neles não ha corrupção como vocês na Terra. Deus permite que vocês sejam tentados para que a vossa fé creça e o sim pronunciado no início de vossa existência seja reforçado.

Minha imaculabilidade é um privilégio muito especial, relacionado com a minha maternidade divina, mas todos são chamados a imaculabilidade. Todo o vosso caminho espiritual deve-se voltar para a progressiva purificação do pecado e da corrupção, até atingir o estado de imaculabilidade que vos faz participantes da graça divina e dignos de pertencerem à nova humanidade. Toda a raça humana no universo atingirá esse estado de pureza para entrar na nova criação: a nova criatura será impecável e assim a nova humanidade.

Eu sou a Imaculada, a nova criatura por excelência. Por isso eu foi levada para o céu, para participar da glória do Criador, perto do qual intercedo por todos vós, e para abrir o caminho para a nova criação, assim como Jesus a abriu para mim. Jesus abriu um novo caminho, o do Espírito, para todos vocês; foi necessário, porém, que uma criatura, em nome de toda a humanidade, cruzasse primeira em espírito, alma e corpo, a Grande Barreira depois de Jesus, uma criatura pura e fiel. Deus quis que fosse eu esta criatura, porque Imaculada, Mãe de Deus e da humanidade. Abri-vos o caminho por amor e com amor; com a minha obediência e docilidade eu corregi com antecedência as vossas muitas infidelidades, especialmente aquelas do povo de Deus. Se não tivesse aceitado minha maternidade para vocês e minha passagem para o céu, seria muito mais difícil para vocês trilhar o caminho de Jesus: fui e sou a vossa garantia diante de Deus que um dia vocês estarão comigo além da Grande Barreira.

Quando subi para o céu eu atravessei a Grande Barreira que é feita de luz. Então, eu estava envolvida pela luz e pela onipotência do meu filho, que me acolheu em seus braços. Ao atravessar a Grande Barreira de luz Eu me tornei Rainha. Eu fui para o céu como uma criatura imaculada e entrei na dimensão do puro espírito como Rainha. Assim será tambem para o povo de Deus: irá subir como um povo novo e, atravessando a Grande Barreira de luz, ele se tornará um povo regal, e reinará para sempre com seu Deus.

Queridos filhos, Eu vos disse estas coisas para ajudar vocês a entender melhor a minha presença e o meu papel na vossa vida. Espero de vocês um caminho de transformação. Tudo começa do pensamento  de Deus, e deixar-se plasmar por Deus, pelo seu pensamento. Deixem Deus plasmar seus pensamentos, vossa maneira de ver e sentir. Isso faz de vocês umas novas criaturas. Filhinhos, não irão se tornar novas criaturas quando vão adquirir a força de super-homens ou quando vocês são bonitos, dinâmicos, elegantes, tornam-se novas criaturas quando vocês começarem a ver as coisas de uma maneira nova.

Como mãe eu oro por vocês e ofereço mim mesma a Deus por vocês. Peço-vos de não preencher a vossa cabeça com tantas perguntas e tantos projetos, não! Lembrem-se de que vocês são criaturas, e que por si só, sem Deus nada podeis fazer ( Jo 15, 5). Durante a minha vida na Terra Eu nunca pensei sobre o que iria acontecer comigo, eu sabia que tudo estava nas mãos de Deus e isso era o suficiente. Sejam confiantes como quando crianças. Se vos entregardes a Deus, ficareis lá no lugar onde vocês deveriam ficar, realizareis o que é certo fazer. Deus precisa de vocês para realizar seus planos que quer alcançar, o mais rapidamente possível. Peço-vos, também que vivam uma vida muito simples: tenhais pensamentos simples e não analizeis as coisas por demais; sejam simples no falar, fazeis tudo com semplicidade.

Durante as minhas aparições em Fátima, o anjo lhes ensinou esta oração muito profunda:

“Ó meu Deus,
Eu acredito em você ,
Eu te adoro,
Espero em você e te amo …
” [2]

Então seja esta oração o programa da vossa vida: acreditem, adorem, esperem e amem; oferençam-se a Deus por todos aqueles que não sabem acreditar, adorar, esperar e amar. Este é o programa de vida de todos os meus filhos que desejam pertencer a mim. Acreditem, adorem, esperem e amem , não vos é pedido outra caisa.

Se vocês viverem assim, pertencereis ao Senhor, Meu Filho, e o Espírito Santo agirá continuamente em vocês e vos transformará. Então vocês estareis aptos para atravessar a Grande Barreira de luz: sará possível atravessá-la quando vocês se tornarem luz. Há apenas uma maneira de tornar-se luz: seguir o meu filho que é ” Luz do mundo ” (Jo 8, 12) e observar as suas leis , ter os mesmos desejos dele, e ser preenchido com o seu amor e a sua vida, seguir o seu exemplo.

Queridos filhos, isso é tudo tão simples, mas para a humanidade na Terra é tão difícil ! Vivam desta maneira, pelo menos aqueles que querem servir a Deus, e que foram chamados para isto. Ameis a Cristo, como nenhum outro o ama. Dizeis, como Pedro: “Senhor, tu sabes tudo , tu sabes que te amo ” (Jo 21 , 17) ! Se estarão unidos ao meu Coração vocês amareis a Jesus mais do que os outros, porque ninguém O ama como eu, eu sou sua mãe, mas também a sua serva, e a sua discípula.

Façam que as pessoas vêjam em vocês os verdadeiros amigos de Cristo, de sua Mãe, e amigos dos santos.

Eu vos abençoo hoje do céu, desta dimensão de pureza absoluta. Vocês me chamam” Porta do Céu “, e eu realmente o sou, porque eu abri a passagem para a plenitude da alegria, para o futuro glorioso que aguarda o povo de Deus

Eu vos abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo ”

———————————————————————————————————————————-

ROSARIO DO AMOR SACRIFICADO NA PAZ

1 . parte

– Creio …
– Glória ao Pai …
– Santíssima Trindade / Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente /
e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo , Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo /

Presente em todos os sacrários da terra, / em reparação dos ultrajes , sacrilégios e indiferenças
com que Ele mesmo é ofendido .
E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração /
e pela intercessão do Imaculado Coração de Maria /
peço-vos a conversão dos pobres pecadores. Amém. ( 3 vezes )
– Ó minha Mãe, /
Mãe de bondade, amor e misericórdia, /
Eu te amo com todo o meu coração e me ofereco a você. /
Através de tua bondade, teu amor
e de Tua misericórdia, salva-me !
Eu quero pertencer a você . /
Eu te amo muito e quero que você me guarde . /
Do fundo do meu coração , ó Mãe de bondade, /
Peço-vos que me dê tua bondade,
para que com ela eu possa merecer o céu. /
Eu oro por teu imenso amor :
concedei-me  de amar todos os homens
como você amaste a Jesus /
Peço tambem a graça
de palpitar de amor por você . /
Eu me entrego totalmente a você e quero que você esteja ao meu lado
em cada passo /
pois tu és cheia de graça,
e eu desejaria nunca esquecer. /
Mas se um dia eu perder a graça ,
Peço-lhe que ma doe novamente. / Amen . ( 3 vezes )
– Santíssima Trindade … ( 3 vezes )
2.a parte
– Pai Nosso …
Depois disso, por dez vezes  repetir a seguinte invocação :
Ó meu Deu , / eu acredito em vocé, / eu te amo, /
Espero em Ti, /  eu te amo.
R. Te peço, por favor, que perdoe a todos aqueles que
não acreditam em você, /  não Te adoram, /
não esperam em ti, / e não te amam.
– Glória ao Pai …
– Ó meu Jesus , perdoai-nos os nossos pecados, /
livrai-nos do fogo do inferno /
traz todas as almas para o céu, /
especialmente aqueles que mais necessitam de Tua misericórdia .
– Santíssima Trindade …
Toda essa segunda parte deve ser recitado três vezes.
No fim
– O descanso eterno …

———————————————————————————————————————————–

[1] Etimologicamente, a palavra êxtase significa ” sair de si mesmos. ” Na mistica cristã, êxtasie indica um estado em que o homem sai de si mesmo e está imerso na realidade de Deus pela graça.

[2] Em nosso caminho espiritual das almas que se oferecem em sacrifício a Deus, por meio do Imaculado Coração de Maria, Nossa Senhora nos ensinou a orar o ” Rosário do amor sacrificado na paz “, encontrado no final da mensagem. Nossa Senhora explicou que este rosário conecta as aparições de Fátima com aquelas de Medjugorje. No rosário, de fato, as orações são recitadas muitas vezes aquelas que o anjo em Fátima revelou aos videntes e a oração à Mãe de bondade, de amor e de misericórdia que a própria Maria revelou a Medjugorje .
Postado em  Para a Nova Criação

 

Recapitulados em Cristo – A participação na Eucaristia

Deixe um comentário

Reflexões e orações editadas por Tomislav Vlasic.

A participação na  Eucaristia .

6 º episódio

Queridos irmãos, queridas irmãs, estamos sempre no caminho da recapitulação em Cristo de todo o universo. Hoje, a nossa reflexão está centrada na participação na Eucaristia.

 Começamos com a oração, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Ó Deus uno e trino, em ti é a nossa pátria, mas dentro de nossos corações quando estamos abertos

você habita em nós e podemos viver-te presente de uma forma especial na Eucaristia, onde você, Pai, doas o teu Filho como resgate por nossos pecados, ele que vence a morte, o pecado, o inferno.

 Nos resuscita no Espírito Santo e nos eleva à tua direita.
Você doa-nos o Espírito Santo que com o Filho nos resuscita e nos guia a serem introduzidos na vida eterna para viverem com você.
Pedimos a graça, na nossa reflexão, para aprender a participar na Eucaristia, entender a profundidade deste mistério, que neste mistério celebramos o memorial da paixão da morte, da ressurreição de Cristo. Esta é a fonte e o ápice da vida cristã, que saibamos atingir desta fonte para  vencer todas as provas, todos os obstáculos e serem gloriosos por Cristo, com Cristo, em Cristo. Amen.

A partir da nossa experiência, as pessoas que escrevem, as pessoas que se comunicam com a gente muitas vezes perguntam: Como podemos nos colocar em comunhão com os nossos irmãos do universo fieis a Deus? Também recentemente as pessoas que escrevem, perguntam: Como podemos entrar em contato com os irmãos fiéis a Deus? Esta pergunta provoca uma resposta imediata, uma expectativa de resposta visual, nos sinais das naves espaciais, etc. etc.., mas nós temos que entrar na verdade da nossa fé, que não só se refere a nós como crentes nesta terra, crentes em Jesus Cristo, mas que se refere a todo o universo. Nós podemos entrar em plena comunhão com todo o universo que está em Deus com os santos, os anjos, com os irmãos e irmãs do universo fieis a Deus somente através de Cristo, em Cristo e com Cristo, no Espírito de Cristo. Para nós, cristãos, é dado um dom extraordinário: a presença de Cristo que nos salva, o nosso Salvador na Eucaristia. E cada vez que celebramos a Santa Missa, somos convidados a celebrar a paixão, morte, ressurreição e por fim, a ascensão de Jesus ao céu. E este é o nosso processo interior, se queremos realmente participar na Eucaristia, é um processo interior da nossa participação na vida de Cristo.
Para começar a nossa reflexão é justo mencionar São Paulo que diz: “Vocês esqueceram que o nosso batismo, unindo-nos a Cristo, nos uniu á sua morte. Através do batismo que nos uniu á sua morte, fomos sepultados com ele, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pelo poder glorioso do Pai, também nós vivamos uma vida nova “(1). Então, minha pergunta a todos é: Quem é digno de receber a Eucaristia, verdadeiramente digno? Quem  morreu para si mesmo e vive para Cristo, quem quer morrer para si e viver o Cristo. Apenas os batizados, ou seja, aqueles que estão mortos para si mesmos, sepultados com Cristo na morte, são dignos de participar na Eucaristia, celebrar, aproveitar de todo o dinamismo da morte, ressurreição e ascensão do Senhor Jesus Cristo. Portanto, a nossa preparação para celebrar a Eucaristia nos pede essa preparação, ocorre verificar se realmente estamos  mortos, se queremos morrer para nós mesmos. Deste ponto de vista, podemos ver imediatamente que a celebração apressada da Eucaristia, vir para chegar a esse último momento para se inserir, pois nos faz superficiais, como facilmente nos satisfazemos só em dizer: Confesso a Deus Pai, a todos; é uma fórmula , um recitar, mas o conteúdo tem que ser a nossa vontade de morrer para o nosso egoísmo, a nós mesmos, para viver Cristo.

O segundo ponto da nossa preparação para celebrar a Eucaristia é a nossa preparação na oração, em que confiamos tudo a Deus, todas as nossas precisões, todas as nossas necessidades, confiamos em Deus e nos arrependemos dos nossos pecados, nós confiamos a Deus os nossos limites, e entregamos tudo nas mãos de Deus, confiantes que ele perdoa, que ele cuida de nós, ajudando-nos a encontrar a paz, um silêncio interior, onde se desperte os desejos de Deus com o poder do Espírito Santo. Então a Eucaristia, a nossa participação deveria ser a participação á oração de Jesus Cristo, o Sumo Sacerdote que não orou por si mesmo. Ele orou por nós, para toda a humanidade, desejou somente ser submetido à vontade do Pai, para ser fiel ao Pai, e se a nossa oração não entrar na oração de Jesus Cristo, como pode ser elevada? Nós, com certeza, temos muitas limitações, tantas dificuldades, tantos transtornos, pressa ao longo do tempo, mas para isso não podemos nos justificar mas dizer, com verdade, devemos refletir sobre a celebração na qual participamos e como participamos. Se quisermos perceber o poder da oração de Cristo, seus desejos, então seremos elevados pelo Espírito Santo e subiremos com ele diante do trono de Deus. Se permanecermos cheios dos nossos desejos, então não estamos sequer mortos para nós mesmos, nós não escolhemos Jesus como a nossa vida. Não vos assusteis com isso. Esta é a verdade. Esta é a verdade que precisa estar na frente de nós, nos nossos olhos, e devemos respeitá-la, conhecê-la, nos espelharmos nesta verdade. A nossa experiência do universo seja dos santos, seja das almas do purgatório, e dos irmãos e irmãs do universo fieis a Deus é esta: que todos eles realmente veem a paixão, morte e ressurreição de Cristo, quando nós celebramos, se a Missa é celebrada dignamente. Eles testemunham que, quando os cristãos celebram a Missa como um ritual, frio, sem perceber a paixão, morte, ressurreição de Cristo, eles como servos, é como se vissem uma nuvem em torno dos cristãos, a escuridão; não conseguem participar. Então, a resposta da Igreja, o Povo de Deus da Terra não é tanto saber dos irmãos fiéis a Deus, da existência da humanidade, tantas coisas: é a responsabilidade de viver o memorial da paixão, da morte e da ressurreição de Cristo.

Continuando no caminho da nossa participação na Eucaristia, chegamos à oferta ou antes  chegamos ao ouvir a palavra. Mas nós, ouvindo a palavra de Deus, se estamos cheios dos nossos desejos, não vamos entender nada, entenderemos a palavra de forma racional. Se estamos mortos para nós mesmos e queremos viver a vida de Cristo, o Espírito Santo nos faz entender a palavra. E a palavra ilumina nossos corações como as palavras de Jesus quando se encontrou com os apóstolos, especialmente após a ressurreição, iluminadas e ditas para compreender as escrituras.

No ofertório, infelizmente, estamos focados quando o ministro offerece a hostia e o vinho aquela expressão, o sinal da nossa oferta na hostia, no vinho, devemos oferecer-nos como o Pai oferece o Filho por nós, como Abraão estava disposto para oferecer Isaac, também na esperança contra toda a esperança. A oferta de nossas vidas a Jesus por meio de Maria não é realmente compreendida. Parece uma devoção, alguém estranho que oferece a sua vida; é a parte da Eucaristia, a parte da celebração eucaristica, é a consagração. O que significa para nós, a consagração neste caminho dinâmico de participação na Eucaristia? Jesus se oferece e vense, vence os nossos pecados, vence as nossas trevas, vence Satanás, vence a morte, vence todos os obstáculos dentro de nós, mas nós caminhamos nesta dinâmica? Se seguirmos esta dinamica no que está acontecendo na Missa, depois da missa nós seremos transformados.  Lembramos bem dos momentos após a ressurreição de Jesus, o encontro com os apóstolos, com os dois discípulos no caminho de Emaús, o encontro no Mar da Galiléia com os apóstolos quando Jesus distribuia o pão, o peixe como pessoas mudavam, foram transformados . A missa tem esse poder, se estamos unidos ao Cristo vivo, caso contrário, participamos de um ritual. O rito não salva, nos salva a vida de Jesus Cristo, vivo, vivente.

Nós recebemos a comunhão. Infelizmente, muitos recebem a comunhão, como já disse várias vezes, com uma mentalidade de consumismo: isto faz parte deste ritual, tomar a hostia, depois se mandar. Mas receber a comunhão significa receber a vida de Cristo que venceu, que se senta à direita do Pai. Significa receber aquela graça de ser elevado a Deus Pai com o Filho, para participar a vida. Então, nós na Terra, de verdade participamos da Eucaristia, que se realiza diante do trono de Deus, porqué a celebração eucaristica, liturgica da Terra deveria ser a participação aquela celestial. E nesta celebração no contexto da nossa caminhada da recapitulação em Cristo, o universo inteiro se encontra para celebrar a paixão, morte e ressurreição de Cristo e da gloriosa ascensão. E que alegria vivem os santo, que alegria vivem os irmãos e as irmãs fiéis a Deus, que alegria vivem as almas no purgatório e todos esperando por nós esta participação, oferecidos, imaculados, isso é corretos diante de Deus e em comunhão uns com os outros e com todo o universo. Isto é a transição cósmica. A celebração da Eucaristia nos leva a novidade da vida, muda, se de verdade levarmos este dinamismo da graça que vem por meio do Salvador do mundo. E isso não termina com a celebração da Missa, mas continua em todos nós, porque nossos corpos são o templo do Espírito Santo, o templo onde há o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e aquela troca do amor infinito entre o Pai e do Filho, no Espírito Santo em nós continua. E aquele poder do Espírito Santo que Jesus deu aos apóstolos, se desperta, e quanto mais superamos cada provações, cada situação com esta participação na paixão, morte e ressurreição de Cristo, tanto mais avançamos e a humanidade se eleva, sendo recapitulada em Cristo. Portanto, a nossa comunhão com os nossos irmãos fiéis a Deus no universo com todos no universo, é a autêntica comunhão na celebração, no sofrimento da morte, da ressurreição de Cristo e da sua ascensão ao céu. E essa troca da vida que vibra na Santíssima Trindade é uma alegria sem fim e enriquicimento para todos os santos. É uma fonte da potencia vital e o massimo  para nós. E nós respondemos a este convite para ser recapitulados em Cristo, e entrar em comunhão com todos aqueles que estão em Deus os quais reconhecem Jesus Cristo, o Salvador do mundo, e viver a Eucaristia, viver, celebrando a missa, que a vivem na vida dando testemunho . E como ja falamos, nisto se manifesta a identidade da Igreja sobre a terra, em todo o universo. A manifestação da vida de Deus uno e trino é a Eucaristia onde nós compartilhamos no mistério da salvação.
Na carta de São Paulo aos Colossenses, há uma passagem que é muito importante para nós, para concluir esta reflexão: “Agora vocês são homens novos, e Deus vos renova continuamente para levar-vos ao conhecimento perfeito e fazer vocês ser como ele, que vos criou” (2). Ele quer nos levar ao pleno conhecimento progressivamente, até entrar alem da Grande Barreira à luz perfeita, onde só entrará a nossa alma, mas também o nosso corpo glorioso. Nós estaremos com Cristo. “Então não importa mais ser gregos ou judeus, circuncidados ou não, bárbaros ou selvagens, escravos ou livres. O que importa é Cristo e a Sua presença em todos nós “(3). E São Paulo continua: “Ora, vós sois o povo de Deus. Ele vos escolheu  e vos ama, por isso, tenhais novos sentimentos de compaixão, bondade, humildade, paciência, mansidão. Acima de tudo, revesti-vos do amor, porque só o amor vos tem perfeitamente unidos “.


Ó Senhor, eu te agradeço por este presente maravilhoso que você nos deu. Na Eucaristia, nos deu tudo, mas queremos entrar na dinâmica da Eucaristia. Queremos participar na paixão, envolvendo os nossos sofrimentos, as nossas paixões, a nossa morte na morte de Cristo para sermos ressuscitados pelo poder do Espírito Santo, para estarmos com Cristo, com você no meio dos santos.

Senhor, concede-nos a graça e repleta-nos de graça, imprima-nós um profundo desejo de participar deste grande mistério da salvação.


Em todo esse tempo nós vos convidamos  a oferecer-vos a Jesus por Maria., a formar ‘os núcleos’. Não falamos formar ‘os núcleos’ para formar estruturas fechadas, as seitas, mas para despertar e viver a verdade da Eucaristia, viver a verdade como cristãos. A massa não se deixa movimentar se não há indivíduos, heróis, santos, prontos para enfrentar a batalha, derrotar o mal, vencer a morte, para entrar naquele conhecimento que Deus nos comunica quanto mais queremos partecipar da sua vida.

        Mais uma vez eu convido vocês a refletir sobre todas essas coisas.

        Tendes coragem para decidir, tendes coragem para formar os núcleos, tendes a coragem vocês nos núcleos para formar um povo que respondam a este convite, que é sempre o convite que Jesus Cristo deu aos apóstolos.
E eu vos abençoo todos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Vamos nos resentir no próximo sábado.

1.cf. Rom. 6:3-4.
2 cf. Col. 3:10
3 cf. Col. 3:11
4 cf. Col. 3:12-14

http://www.versolanuovacreazione.it

Older Entries Newer Entries

%d blogueiros gostam disto: